Comentários

(4)
Patrícia Luíza Werneck Hannemann, Advogado
Patrícia Luíza Werneck Hannemann
Comentário · há 4 anos
Meu deus, uma advogada, mulher, falando uma coisa dessas. Estou horrorizada!
"Muitas mulheres levavam vantagens na divisão dos bens do casal, pois a maioria das vezes não contribuía em nada, mas, com a ruptura da união estável ganhava na loteria quando o homem era muito rico.
Com a Decisão do STJ, a mulher terá que provar que contribuiu para a
constituição do patrimônio do casal, e em que proporção."

Minha filha não faça isso conosco! Somos mulheres, devemos nos unir para conquistar nesse espaço! Que negócio é esse da A MULHER não contribui em nada? Você é advogada, moça,pode arrumar um rapaz que não tem patrimonio, se separar e vai acontecer o que? Ele vai levar tudo porque você, A MULHER, não contribuiu em nada.
Mas gente, parece brincadeira isso que acabei de ler!!!
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Patrícia
Praça Justo Chermont, 86 Ao. 902 bairro Nazaré - Belém (PA) - 66035140

Patrícia Luíza Werneck Hannemann

Praça Justo Chermont, 86 Ao. 902 bairro Nazaré - Belém (PA) - 66035-140

Entrar em contato